O que fazer no chile: pontos turisticos e dicas

0
102

No ano de 2018, o Chile foi um dos destinos internacionais mais procurados para viajar e isso não mudou em 2019.

Por ser um país muito extenso, é possível montar diversos roteiros, proporcionando viagens bem diferentes.

Separamos aqui algumas dicas de roteiro em 3 regiões do Chile, para quem não sabe por onde começar.

  1. Centro do Chile, Santiago e Valparaiso

A capital do Chile é o centro para explorar o país e muita gente acaba ficando só por ali mesmo. 

Santiago, além da capital é a maior cidade do Chile e fica localizada em um vale circundado pelos Andes, coberta pela neve e uma cadeia de montanhas.

Centro do Chile, Santiago e Valparaiso
Centro do Chile, Santiago e Valparaiso

A Plaza de Armas, o coração do centro velho colonial da cidade, abriga 2 pontos turísticos históricos: o Palacio de la Real Audiencia, de 1808, sede do museu de história nacional, e a catedral metropolitana do século 18, La Chascona, que é a casa do poeta Pablo Neruda que foi transformada em museu.

Como todos já sabem, o Chile é um dos maiores produtores de vinho, então um passeio por alguma vinícola não pode faltar. Experimentar vinhos, conhecer a história de cultura das uvas. 

Algumas vinícolas possuem restaurantes para curtir a culinária chilena diante de paisagens exuberantes.

Para quem gosta de frio, visitar o país no inverno, de junho a setembro, permite conhecer a neve e esquiar. O cenário fica lindo, quando as montanhas que cercam a cidade ficam cobertas pelo gelo.

Nos dias mais limpos, é possível ver os pivôs nevados de alguns pontos da cidade. Uma das vistas mais bonitas e que vale a pena ir é do Sky Costanera.

Em Valparaíso fica o poder legislativo do Chile. É, também, uma das maiores cidades do país. 

Possui um relevo acidentado e muitos morros, com casas coloridas construídas nas inclinações e restaurantes muito elegantes, que foram o cenário perfeito, perto do mar.

Importantes tours são em Cajón del Maipo e Viña del Mar.

Viña del Mar
Viña del Mar
  1. Norte e Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama é o mais seco do mundo e o lugar mais estrelado que possa imaginar. 

Como a umidade é extremamente baixa, e o lugar tem uma grande extensão sem luz e sem poluentes, a qualidade de observação do céu e das estrelas é altíssima.

San Pedro do Atacama é o lugar mais frequentado pelos brasileiros, um povoado com ruas de terra e casas de adobe, encantador.

Dois lugares imperdíveis são o Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas. As pedras vermelhas que dão nome ao lugar, e também com o reflexo das montanhas nas águas do Salar de Águas Calientes formam uma paisagem inexplicável.

  1. Sul: Lagos e vulcões

Para quem conheceu o Deserto do Atacama, ir para o sul e visitar a região dos Lagos Andinos, dá a sensação de estar em outro país.

Lugares opostos, com belezas incomparáveis e únicas.

Puerto Varas é um dos destinos que fica mais próximo dos lagos e dos vulcões. No inverno, a neve contribui com o cenário, apesar de o frio castigar os visitantes.

Sul do Chile: Lagos e vulcões
Sul do Chile: Lagos e vulcões

Um dos passeios mais clássicos é a travessia dos Lagos Andinos que termina em Bariloche, na Argentina.

Visitar o topo de um vulcão, como Osorno, pode ser uma aventura e tanto. Muitos vulcões tem o passeio de teleférico, para facilitar e manter a segurança dos visitantes.

A Ilha de Chiloé atrai muitos turistas e pode render as experiências mais autênticas.

O lugar remete ao Chile sem pompa e circunstância. Casas que mostram a ação do tempo, comidas servidas em locais simples e a exuberância fica apenas por conta da natureza.

Os habitantes do local, criam animais, pescam no mar e plantam legumes. Levam uma vida simples, e se destaca do luxo de outras cidades do Chile.

Os Chilotes construíram mais de 70 igrejas, sendo que 16 delas foram reconhecidas pela Unesco como patrimônio histórico da humanidade.

O Chile tem paisagens e lugares diferentes que permitem agradar todos os tipos de visitantes. Quando escolher o seu roteiro, conheça as características de cada lugar para aproveitar o máximo cada destino.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome