Bagagens: como despachar, responsabilidades das companhias aéreas e direitos do consumidor

0
84

Extravio de bagagens, roubos, dores de cabeça para despachar as malas, são só alguns dos problemas enfrentados por muitas pessoas que viajam todos os dias.

Vamos descobrir quais são os direitos do consumidor, e as responsabilidades das companhias aéreas e de transportes terrestres sobre as bagagens dos viajantes!

O preço da falta de informação 

Viajar é muito bom, certo? Conhecer novos lugares, se divertir com a família e colecionar histórias para contar, não tem preço, até a sua bagagem ser extraviada!

Imagine a seguinte situação: chegando ao aeroporto ou Terminal Rodoviário de sua cidade natal, você descobre que a sua bagagem não veio no avião ou no ônibus junto com as outras!

A quem recorrer? Com quem reclamar? Quais são os meus direitos e as responsabilidades das companhias aéreas de transportes terrestres?

Direitos e deveres dos consumidores

Antes de viajar

– Peça referências de todos os serviços contratados para a viagem: seja de amigos e conhecidos, em sites e empresas de direitos ao consumidor.

– Aqui você vai literalmente correr atrás da informação, verificando as reclamações de outros consumidores, e como as companhias aéreas e de transportes públicos, solucionaram o problema.

– Não tenha vergonha de perguntar sobre os seus direitos, seja onde você estiver.

Peça descontos, questione os preços e jamais aceite um pacote de viagens sem antes verificar todas as cláusulas contidas no contrato. 

– Leia todos os contratos atenciosamente (inclusive aquelas letras pequenas!).

– Informe-se no aeroporto ou no Terminal Rodoviário a forma correta de despachar as bagagens, quais delas podem ir com você (no colo, por exemplo), e qual o peso máximo permitido para cada uma.

– Guarde todos os folhetos relacionados a ofertas e descontos dos pacotes de viagem, bem como as etiquetas para resgatar a sua bagagem depois.

Chegando ao destino

– Apresente as etiquetas para retirar a sua bagagem corretamente no saguão do aeroporto ou do Terminal Rodoviário.

Minha bagagem foi extraviada ou roubada, e agora?

As bagagens fazem parte de um contrato entre o consumidor, e a companhia aérea ou de transporte público. 

Os usuários destes serviços, estão protegidos pelo Código de Defesa do Consumidor e pelas normas internacionais. 

A partir do momento em que o check-in ou embarque é efetuado, a empresa passa a ser responsável integralmente pelas bagagens dos passageiros

Caso ela seja extraviada e não seja recuperada de nenhuma forma, o consumidor tem o direito à indenização. 

O consumidor deve comprovar o extravio da bagagem junto ao Órgão de proteção aos direitos do consumidor, e acompanhar o processo de ressarcimento e indenização da companhia aérea ou transporte público.

Os consumidores devem fazer valer os seus direitos, bem como praticar os seus deveres, em todos as situações. Não adianta reclamar do serviço da companhia aérea, sem conhecer os direitos que os envolvem. 

No mais, não deixe que o estresse, aborrecimento ou contratempo, tire o seu bom humor e a tranquilidade de tomar boas decisões. Aproveite bem a sua viagem!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome